Conhecimento Virtual

Projeto Conhecimento Virtual Profa. Hélia Cannizzaro
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico

Ir em baixo 
AutorMensagem
Thamires Alcântara



Mensagens : 1
Data de inscrição : 27/07/2013

MensagemAssunto: Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico   Sab Jul 27, 2013 7:27 pm

Helicobacter pylori é uma bactéria gram-negativa, com forma espiralada e que
possui múltiplos flagelos que lhe conferem mobilidade para seletivamente colonizar a
mucosa gástrica, inicialmente na região pré-pilórica do estômago e progressivamente
nos segmentos mais proximais do estômago. A sobrevivência da bactéria no ambiente
ácido do estômago é auxiliada pela urease - uma enzima produzida por este
microorganismo que catalisa a degradação da uréia, com formação de íons de amônio
alcalino. Bactérias como a H. pylori podem causar gastrite crônica, perda de acidez gástrica
e crescimento bacteriano no estômago.

A principal patologia causada pelo H. pylori é a inflamação da mucosa gástrica.
O resultado final da infecção por H. pylori é determinado por uma complexa interação
entre fatores bacterianos e relacionados com o hospedeiro. Pode-se definir três entidades patológicas relacionadas com o H. pylori: gastrite crônica, úlcera duodenal e/ou gástrica e cancro gástrico (câncer de estômago).

Em relação ao cancro gástrico, desenvolve-se em cerca de 1% dos indivíduos infectados. Ocorre mais frequentemente com inflamação do corpo gástrico, atrofia da membrana mucosa nesta região do estômago e diminuição da secreção de ácido clorídrico. Pode ser dividido em 2 categorias:

• tipo difuso, em que não há coesão celular e as células não formam uma massa bem definida. Este tipo de adenocarcinoma é mais comum em doentes mais jovens, ocorre em todo o estômago (incluindo cárdia), diminui a distensibilidade da parede gástrica e tem pior prognóstico.

• tipo intestinal, caracterizado por células neoplásicas coesas, com frequência ulcerativas, mais comum no antro e na curvatura menor do estômago. Este tipo de adenocarcinoma é muitas vezes precedido por um processo pré-canceroso prolongado. Até então, este ó tipo de cancro gástrico associado à H. pylori, até então.

O linfoma gástrico MALT, também está associado à infecção pelo H. pylori.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
erica.priscilla



Mensagens : 1
Data de inscrição : 10/07/2013
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico   Dom Jul 28, 2013 1:00 am

Thamires, sua colocação relacionada a formação de cancro gástrico pela H. pylori foi muito interessante. Só complementando o que citado por você, em relação ao envolvimento da H. pylori no desenvolvimento do linfoma gástrico MALT, é o tratamento. Pois, nesse tipo de linfoma é muito importante saber se o linfoma é de baixo grau ou de alto grau, pois ambos exigirão formas de tratamento diferentes, contudo ambos terão como principio a eliminação do agente patógeno, nesse caso a H. pylori.
Em alguns casos, se a neoplasia for de baixo grau, somente a erradicação da bactéria H. pylori pode ser suficiente para que a doença entre em remissão.
No entanto, nos linfomas de alto grau, além da erradicação da bactéria, a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia podem ser opções de tratamento.
A classificação em baixo ou alto grau é de acordo com o quadro histológico e com a evolução clínica.
Os linfomas gástricos de baixo grau do tipo MALT (LGBG) são formados pela proliferação de pequenos linfócitos que infiltram a mucosa e frequentemente formam lesões linfoepiteliais. Apresentam crescimento lento e podem permanecer localizados no trato gastrintestinal por longo período de tempo.
Os linfomas gástricos de alto grau (LGAG) são principalmente linfomas difusos de grandes células B; são frequentemente extensos, ulcerados e têm índice de proliferação celular elevado, sendo muitas vezes diagnosticados em estágios avançados.
Espero ter ajudado na complementação do que foi dito, em relação ao envolvimento da H. pylori no linfoma gástrico MALT.

Erica Priscilla
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
cinthia.araujo



Mensagens : 1
Data de inscrição : 30/07/2013

MensagemAssunto: Re: Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico   Ter Jul 30, 2013 10:07 pm

Assim como érica, também achei o texto bastante interessante. É muito importante a divulgação dessas informações também para o público em geral, já que muitas vezes a gastrite, que é um mal relativamente comum de se encontrar na população, não é tratada da maneira correta, nem são investigadas as causas dessas gastrite, o que acaba gerando a auto-medicação.
No caso da H. Pylori, se forem apenas tratados os sintomas da infecção na mucosa gástrica, sem um devido uso de antibiótico para erradicar a bactéria, esta poderá desencadear um processo que levará ao cancer de estômago, ou cancro gástrico.


Cínthia Araújo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eduardo.caminha



Mensagens : 11
Data de inscrição : 25/06/2013

MensagemAssunto: Re: Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico   Ter Jul 30, 2013 11:04 pm

Pelo que vi em fontes diversas ao preparar o seminário de fisiologia, o maior problema da gastrite atrófica ocasionada por H. pylori, que acomete geralmente o corpo do estômago, é a possibilidade de desenvolvimento de neoplasia. Nessa região, a bactéria ataca as bombas de prótons responsáveis pela formação do HCl, o que resulta pouca ou nenhuma produção desse ácido, caracterizando um quadro de hipocloridria. Como essa substância serve ao controle de crescimento das bactérias, sua falta permite que essas se proliferem bastante, induzindo mudanças no perfil celular (metaplasia, reversível). Caso a condição pesista, as células passam à neoplasia (cancerogênese).

Outro ponto adicional é que a ação da urease bacteriana, além de amônia, libera o CO2. Esse é direcionado à formação do HCO3-, acabando por alcalinizar mais ainda o muco da região, o que agrava o quadro de neutralização ácida.

Sobre o tratamento, fica evidente que a erradicação da bactéria é fundamental, porque caso apenas seja tratada a acidez, o crescimento bacteriano torna-se descontrolado.

Eduardo Caminha Nunes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rayanne Carvalho



Mensagens : 2
Data de inscrição : 30/07/2013

MensagemAssunto: Re: Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico   Ter Jul 30, 2013 11:25 pm

Então pessoas que fazem uso de Omeprazol podem estar agravando ainda mais esse quadro, já que o omeprazol também irá interferir na formação de HCl ? Se sim, nenhum médico pode, portanto, receitar este medicamento sem uma prévia endoscopia, isso?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
medicina133ufpe



Mensagens : 32
Data de inscrição : 06/06/2013
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico   Ter Jul 30, 2013 11:56 pm

Rayanne, pelo que pesquisei, o tratamento para H. pylori consiste na administração conjunta de um inibidor de bomba de prótons (omeprazol, etc...) com um antibiótico. Alguns estudos demonstraram que o omeprazol suprime a bactéria, o que ajudaria na eficácia do tratamento com antibióticos. Entretanto, os mecanismos pelos quais isso aconteceria ainda não estão bem elucidados, mas especula-se que a mudança no Ph estomacal promovida pelo omeprazol interfira no desenvolvimento da bactéria (justamente pelo fato de que um Ph mais elevado não seria o ideal para o início da infecção, alterando a eficácia de suas enzimas e outros fatores) ou possivelmente também por acelerar muito seu crescimento, causando um crescimento além da conta. Pelo que entendi, a ideia é adiantar o efeito que o crescimento da bactéria causaria.

Raul Brandão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hélia Cannizzaro



Mensagens : 1065
Data de inscrição : 23/06/2013

MensagemAssunto: Re: Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico   Qui Ago 01, 2013 9:24 pm

Erica Priscilla
Muito bem esclarecido.
Hélia Cannizzaro

erica.priscilla escreveu:
Thamires, sua colocação relacionada a formação de cancro gástrico pela H. pylori foi muito interessante. Só complementando o que citado por você, em relação ao envolvimento da H. pylori no desenvolvimento do linfoma gástrico MALT, é o tratamento. Pois, nesse tipo de linfoma é muito importante saber se o linfoma é de baixo grau ou de alto grau, pois ambos exigirão formas de tratamento diferentes, contudo ambos terão como principio a eliminação do agente patógeno, nesse caso a H. pylori.
Em alguns casos, se a neoplasia for de baixo grau, somente a erradicação da bactéria H. pylori pode ser suficiente para que a doença entre em remissão.
No entanto, nos linfomas de alto grau, além da erradicação da bactéria, a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia podem ser opções de tratamento.
A classificação em baixo ou alto grau é de acordo com o quadro histológico e com a evolução clínica.
Os linfomas gástricos de baixo grau do tipo MALT (LGBG) são formados pela proliferação de pequenos linfócitos que infiltram a mucosa e frequentemente formam lesões linfoepiteliais. Apresentam crescimento lento e podem permanecer localizados no trato gastrintestinal por longo período de tempo.
Os linfomas gástricos de alto grau (LGAG) são principalmente linfomas difusos de grandes células B; são frequentemente extensos, ulcerados e têm índice de proliferação celular elevado, sendo muitas vezes diagnosticados em estágios avançados.
Espero ter ajudado na complementação do que foi dito, em relação ao envolvimento da H. pylori no linfoma gástrico MALT.

Erica Priscilla
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Helicobcter pylori no desenvolvimento do cancro gástrico
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Conhecimento Virtual :: Medicina - Turma 133 - UFPE :: CV propriamente dito-
Ir para: