Conhecimento Virtual

Projeto Conhecimento Virtual Profa. Hélia Cannizzaro
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Hepatite B (VHB) - Marcadores

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Hélia Cannizzaro



Mensagens : 1065
Data de inscrição : 23/06/2013

MensagemAssunto: Hepatite B (VHB) - Marcadores   Dom Nov 02, 2014 2:14 am

Vírus da Hepatite B (VHB) - Marcadores
É importante o diagnóstico diferencial entre as hepatites. É fundamental, no screening do sangue para transfusão e de órgãos doados para transplante. E na definição do status imunológico para se determinar a necessidade de vacinação.
Antígeno de Superfície do Vírus da Hepatite B (HBsAg) – Trata-se do primeiro indicador da infecção pelo VHB a surgir. Geralmente se faz presente entre 21-41 dias (mas pode aparecer em até 14 dias). Atinge seu pico à medida que os níveis de TGP aumentam. Desaparece, geralmente, entre 12-20 semanas após a infecção com o VHB. A vacinação para a hepatite B não provoca a presença positiva de HBsAg. Os ensaios imunológicos disponíveis são sensíveis o suficiente para detectar menos de 1,0ng/ml deste antígeno circulante na corrente sanguínea. Lembrando, que o genoma deste vírus é dsDNA, da família do Hepadnaviridae, o período de incubação (dias) é de 45-160, não tem transmissão entérica, sexual sim, perianal sim, parenteral sim, incidência pós-transfusional de 0,002, com início insidioso (sinais e sintomas), icterícia em 15-40% (atenção aos não ictéricos, quando se espera diagnosticar a hepatite apenas pela icterícia), hepatite fulminante 02-2%, hepatite B evoluindo para a cronicidade 5-10%, pode evoluir para carcinoma hepatocelular, mortalidade 1-2%. Com duas a seis semanas, há a presença da IgM (anti-HBsAg) que identifica aqueles pacientes em recuperação, que, todavia, ainda podem ser infectantes. Na hepatite fulminante, esses Acs aparecem mais cedo. Nos pacientes crônicos, nenhum Ac se encontra presente, mas os títulos do Ag (HBsAg) podem se mostrar elevados.
Antígeno “e” do Vírus da Hepatite B (HBeAg) – Indica um estado altamente infeccioso. Aparece dentro de uma semana após o surgimento do HBsAg. Nos casos agudos, este Ag some antes do desaparecimento do HBsAg. É encontrado apenas quando o HBsAg se acha presente. Sua persistência acima de 20 semanas sugere evolução para hepatite crônica.
Anticorpo para o HBe (Anti-HBe) – Aparece depois do desaparecimento de HBeAg e pode ser detectado por anos. Indica um decréscimo da infectividade, sugerindo um bom prognóstico para resolução da infecção aguda.
Total de Acs contra o Ag do Núcleo do VHB (Anti-HBc total) – Aparece nos estágios iniciais da infecção aguda, entre 4-10 semanas após o surgimento do HBsAg, e persiste por anos ou pela vida inteira. O Ac Anti-HBc IgM é o anticorpo específico que aparece nos estágios mais iniciais e, então, declina para baixos níveis durante a recuperação. Pode ser o único marcador sorológico presente, após o desaparecimento do HBsAg e HBeAg. O Anti-HBc IgG se mantém indefinidamente (memória imunológica – CD45RO).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kaliana.nascimento



Mensagens : 13
Data de inscrição : 29/09/2014

MensagemAssunto: Re: Hepatite B (VHB) - Marcadores   Qui Nov 06, 2014 9:46 pm

Boa noite, professora. A senhora poderia falar um pouco mais sobre a atuação da vacina para a hepatite B?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luiz Felipe Libonati



Mensagens : 2
Data de inscrição : 26/09/2014

MensagemAssunto: Re: Hepatite B (VHB) - Marcadores   Dom Nov 16, 2014 1:56 pm

Professora, pesquisando sobre hepatite encontrei um resumo da associação brasileira do portadores de hepatite a respeito das diferentes hepatites. Mesmo o post estando mais relacionado a HB, pode ser que as informações aqui ajudem alguém, como ajudaram a mim, no entendimento, de forma mais geral, das principais diferenças entre as hepatites!

TIPOS DE HEPATITE

- Hepatite A
Transmitida normalmente através de alimentos ou contato pessoal. Vem e dura aproximadamente 1 mês. É uma infecção leve e cura sozinha. Existe vacina.

- Hepatite B
Transmitida principalmente através de relações sexuais e contato sanguíneo. Existe vacina. Age surdamente no fígado por até 20, 30 anos. Leva à cirrose, ao câncer de fígado e à morte. Há tratamento. As curas totais são raras, mas é possível conviver com a doença, tratando-a por períodos de tempo variáveis.

- Hepatite C
A maior epidemia da humanidade hoje, superior à AIDS/HIV em 5 vezes. A transmissão é por contato sanguíneo, via transfusões, dentistas, seringas compartidas, etc. Não se transmite por sexo (a menos que haja sangramento mútuo) Não tem vacina. Existem subdivisões de seu vírus (o genótipo 1, 2 e 3 e os raros 4, 5 e 6). Existem, no mundo cerca de 200 milhões de pessoas que carregam o vírus da hepatite C.

A hepatite C é a principal causa de transplantes de fígado, respondendo por 40% dos casos. Pode causar cirrose, câncer de fígado e morte.

Hepatite D
A infecção causada pelo vírus da hepatite D (VHD) ocorre apenas em pacientes infectados pelo vírus da hepatite B.
Em pacientes cronicamente infectados pelo vírus da hepatite B, a infecção concomitante com o VHD acelera a progressão da doença crônica.

A vacinação contra a hepatite B também protege de uma infecção com a hepatite D.

Hepatite E
É causada pelo vírus da hepatite E (VHE) e transmitida por via digestiva (transmissão fecal-oral), provocando grandes epidemias em certas regiões.

A hepatite E não se torna crônica. Porém, mulheres grávidas que foram infectadas pelo vírus da hepatite E podem apresentar formas mais graves da doença.

Felizmente, hábitos de higiene adequados e um melhor controle da qualidade da água utilizada pelas pessoas podem evitar o contato com esse vírus.


Hepatite F
Relatos recentes demonstram que não se confirmou a identificação do vírus da hepatite F (VHF), portanto este tipo de hepatite pode ser desconsiderado.


Hepatite G
O vírus da hepatite G (VHG), também conhecido como GBV-C é transmitido através do sangue, sendo comum entre usuários de drogas endovenosas e receptores de transfusões.

O vírus G também pode ser transmitido durante a gravidez e por via sexual. É frequentemente encontrado em co-infecção com outros vírus, como o da hepatite C (VHC), da hepatite B (VHB) e da Aids (HIV).

http://www.abphepatite.org.br/hepatite/tipos-de-hepatite

Espero ter contribuído!Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
caiquealbuquerque



Mensagens : 2
Data de inscrição : 26/09/2014

MensagemAssunto: Re: Hepatite B (VHB) - Marcadores   Dom Nov 16, 2014 2:24 pm

Bom dia professora, lendo a postagem de Luiz achei interessante a questão da hepatite D, que só ocorre após a hepatite B ou acompanhada da mesma, pesquisando mais sobre isso não achei muitas informações além da explicação de que a hepatite D é uma co-infecção. Se possível (e o espaço permitir) gostaria que a senhora explicasse um pouco mais essa relação entre a hepatite B e a D.
Lendo,ainda, sobre a hepatite B encontrei uma bula da vacina dessa doença, vou compartilhar aqui pois acredito que vá ajudar Kaliana na pergunta dela.

http://www.vacinar.com.br/userfiles/file/Bulas/EuvaxB%20-%20Hep%20B%20-%20Sanofi.pdf

Espero ter ajudado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kaliana.nascimento



Mensagens : 13
Data de inscrição : 29/09/2014

MensagemAssunto: Re: Hepatite B (VHB) - Marcadores   Seg Nov 17, 2014 9:15 am

Obrigada, Caique. Esse informativo esclareceu mais as minhas dúvidas! =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hélia Cannizzaro



Mensagens : 1065
Data de inscrição : 23/06/2013

MensagemAssunto: Re: Hepatite B (VHB) - Marcadores   Ter Nov 18, 2014 12:29 am

Kaliana Nascimento
Estou me prometendo preparar, para você(s) um resumo imunológico sobre vacinas, de forma geral.
Do mecanismo envolvido.
Pode aguardar.

kaliana.nascimento escreveu:
Boa noite, professora. A senhora poderia falar um pouco mais sobre a atuação da vacina para a hepatite B?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hélia Cannizzaro



Mensagens : 1065
Data de inscrição : 23/06/2013

MensagemAssunto: Re: Hepatite B (VHB) - Marcadores   Ter Nov 18, 2014 12:33 am

Boa leitura, Luiz Felipe Libonati

Luiz Felipe Libonati escreveu:
Professora, pesquisando sobre hepatite encontrei um resumo da associação brasileira do portadores de hepatite a respeito das diferentes hepatites. Mesmo o post estando mais relacionado a HB, pode ser que as informações aqui ajudem alguém, como ajudaram a mim, no entendimento, de forma mais geral, das principais diferenças entre as hepatites!

TIPOS DE HEPATITE

- Hepatite A
Transmitida normalmente através de alimentos ou contato pessoal. Vem e dura aproximadamente 1 mês. É uma infecção leve e cura sozinha. Existe vacina.

- Hepatite B
Transmitida principalmente através de relações sexuais e contato sanguíneo. Existe vacina. Age surdamente no fígado por até 20, 30 anos. Leva à cirrose, ao câncer de fígado e à morte. Há tratamento. As curas totais são raras, mas é possível conviver com a doença, tratando-a por períodos de tempo variáveis.

- Hepatite C
A maior epidemia da humanidade hoje, superior à AIDS/HIV em 5 vezes. A transmissão é por contato sanguíneo, via transfusões, dentistas, seringas compartidas, etc. Não se transmite por sexo (a menos que haja sangramento mútuo) Não tem vacina. Existem subdivisões de seu vírus (o genótipo 1, 2 e 3 e os raros 4, 5 e 6). Existem, no mundo cerca de 200 milhões de pessoas que carregam o vírus da hepatite C.

A hepatite C é a principal causa de transplantes de fígado, respondendo por 40% dos casos. Pode causar cirrose, câncer de fígado e morte.

Hepatite D
A infecção causada pelo vírus da hepatite D (VHD) ocorre apenas em pacientes infectados pelo vírus da hepatite B.
Em pacientes cronicamente infectados pelo vírus da hepatite B, a infecção concomitante com o VHD acelera a progressão da doença crônica.

A vacinação contra a hepatite B também protege de uma infecção com a hepatite D.

Hepatite E
É causada pelo vírus da hepatite E (VHE) e transmitida por via digestiva (transmissão fecal-oral), provocando grandes epidemias em certas regiões.

A hepatite E não se torna crônica. Porém, mulheres grávidas que foram infectadas pelo vírus da hepatite E podem apresentar formas mais graves da doença.

Felizmente, hábitos de higiene adequados e um melhor controle da qualidade da água utilizada pelas pessoas podem evitar o contato com esse vírus.


Hepatite F
Relatos recentes demonstram que não se confirmou a identificação do vírus da hepatite F (VHF), portanto este tipo de hepatite pode ser desconsiderado.


Hepatite G
O vírus da hepatite G (VHG), também conhecido como GBV-C é transmitido através do sangue, sendo comum entre usuários de drogas endovenosas e receptores de transfusões.

O vírus G também pode ser transmitido durante a gravidez e por via sexual. É frequentemente encontrado em co-infecção com outros vírus, como o da hepatite C (VHC), da hepatite B (VHB) e da Aids (HIV).

http://www.abphepatite.org.br/hepatite/tipos-de-hepatite

Espero ter contribuído!Smile
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kaliana.nascimento



Mensagens : 13
Data de inscrição : 29/09/2014

MensagemAssunto: Re: Hepatite B (VHB) - Marcadores   Ter Nov 18, 2014 11:17 am

Obrigada. professora. Desde já, eu estou aguardando. =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Hepatite B (VHB) - Marcadores   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Hepatite B (VHB) - Marcadores
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Vou ILS / Marcadores
» OM-Marcador externo
» como colocar em KGS os marcadores de peso do Fspassanger X

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Conhecimento Virtual :: Medicina - Turma 136 - UFPE :: CV propriamente dito-
Ir para: