Conhecimento Virtual

Projeto Conhecimento Virtual Profa. Hélia Cannizzaro
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Hélia Cannizzaro



Mensagens : 1065
Data de inscrição : 23/06/2013

MensagemAssunto: Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe   Sex Out 24, 2014 6:52 pm

Palatos Duro e Mole – O palato duro reveste o teto da boca e é um local onde a LP (TCF) é fortemente ligada ao periósteo dos ossos maxilares e palatinos suprajacentes. Tem um epitélio plano estratificado queratinizado, como mencionado anteriormente. O palato mole é revestido por um epitélio plano estratificado não queratinizado. A membrana mucosa da nasofaringe é separada daquela da orofaringe por uma camada de músculo esquelético que se contrai durante a deglutição. Esta ação eleva o palato mole, de modo que ele pressiona contra a parede posterior da faringe, fechando a nasofaringe e impedindo o alimento seguir por via respiratória durante o processo de deglutição.
Tonsilas (amígdalas) palatinas – Esse par de tonsilas são massas ovoides de tecido linfoide com grandes agregados de nódulos linfáticos (folículos linfoides). Como o baço, linfonodos e placa de Peyer (intestino delgado), exceto timo, possuem agregados de nódulos linfáticos contendo centro germinativo de Flemming (linfoblastos B) e coroa (linfócitos B).
Orofaringe – Contém um epitélio plano estratificado não queratinizado que repousa numa LP (TCF).

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
mariliarocha



Mensagens : 4
Data de inscrição : 28/09/2014

MensagemAssunto: Re: Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe   Sab Nov 08, 2014 7:50 pm

Um fato interessante sobre as tonsila palatina é seu exame clínico, no qual ela é deslocada dos arcos palatinos, onde se encontra, com o auxílio de uma espátula e a outra espátula pressiona a língua para baixo. Só a observação do tamanho da tonsila já é suficiente para determinar se há infecções - virais ou bacterianas - no local. Quando essas tonsilas estão muito aumentadas, pode ocorrer um estreitamento significativo da saída da cavidade oral, ocasionando dificuldade na deglutição.
Os sintomas mais comuns da Tonsilite são: dor de garganta, febre, dor de Cabeça, diminuição do apetite, mal-estar geral, náuseas, vômitos, dor no pescoço e vermelhidão na garganta com ou sem pontos de pus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulynne Briano



Mensagens : 4
Data de inscrição : 29/09/2014

MensagemAssunto: Re: Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe   Sex Nov 14, 2014 11:41 pm

Senti curiosidade em pesquisar se ainda se realizavam cirurgias para retirada das tonsilas palatinas (amígdalas). Para quem compartilha da dúvida, aí vai o que encontrei: Sim, muitas vezes ainda há indicação da tonsilectomia, mesmo na fase adulta. É importante destacar porém, que não se deve remover amígdalas sem um motivo forte para isso. A cirurgia, mesmo sendo uma cirurgia menor, nunca deve ser a primeira escolha de tratamento e só se deve lançar mão dessa opção quando o tratamento clínico (medicamentoso) não obtém sucesso. Pelo que pesquisei, a cirurgia que pode ser realizada por método convencional ou a laser, tem um pós-operatório um tanto complicado, levando um mês ou mais para que o paciente  tenha recuperação total de suas funções.
Question
Outra dúvida que surgiu foi a seguinte: Sendo as tonsilas órgãos de defesa para o organismo, a retirada das mesmas não exporia o organismo a mais infecções? Vários trabalhos comprovam que o tecido linfoide das amígdalas que estão muito hipertrofiadas ou que inflamam com muita frequência já não estão trabalhando a favor do sistema imune (já não funcionam direito). A retirada das amígdalas doentes não prejudica o sistema imune. Pelo contrário, a retirada deixa de sobrecarregar o sistema imune com as infecções de repetição e ele passa a funcionar melhor. Resumindo, amígdalas saudáveis fazem falta e não devem ser removidas. Amígdalas realmente doentes prejudicam bem mais que colaboram (se é que colaboram) e podem ser removidas se necessário for.
Achei um artigo interessante sobre o assunto: O título é: "Adenóide e tonsilas palatinas: Quando operar?"
http://www.iapo.org.br/manuals/VI_Manual_br_Renata%20Di%20Francesco.pdf
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
gabrielaguimaraes



Mensagens : 3
Data de inscrição : 25/09/2014

MensagemAssunto: Re: Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe   Sex Nov 14, 2014 11:47 pm

Professora, no caso de crianças que nascem com o palato duro fendido, a produção de queratina é prejudicada, ou a criança não possui alterações na histologia de seu palato duro? obrigada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hélia Cannizzaro



Mensagens : 1065
Data de inscrição : 23/06/2013

MensagemAssunto: Re: Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe   Ter Nov 18, 2014 3:07 am

Gabriela Guimarães
A produção de queratina não é comprometida no palato duro fendido.

quote="gabrielaguimaraes"]Professora, no caso de crianças que nascem com o palato duro fendido, a produção de queratina é prejudicada, ou a criança não possui alterações na histologia de seu palato duro? obrigada.
[/quote]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriel Tavares



Mensagens : 6
Data de inscrição : 07/10/2014

MensagemAssunto: Re: Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe   Qua Nov 19, 2014 2:13 pm

Professora, resolvi pesquisar sobre alguma patologia envolvida com o palato duro, e encontrei a fenda palatina, que é uma anormalidade genética que permite uma comunicação entre a cavidade oral e a nasal. O processo de correção é cirúrgico e começa a partir dos dois anos de idade do individuo, a correção ocorre em etapas, começando pela parte anterior do palato ósseo, e depois, quando esse palato ósseo alonga, é que fecha-se o restante do palato. Enquanto a criança ainda não foi completamente curada, ela usa um aparelho ortodôntico que cobre a fenda palatina e permite a deglutição da criança.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriel Tavares



Mensagens : 6
Data de inscrição : 07/10/2014

MensagemAssunto: Re: Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe   Qua Nov 19, 2014 2:14 pm

Professora, resolvi pesquisar sobre alguma patologia envolvida com o palato duro, e encontrei a fenda palatina, que é uma anormalidade genética que permite uma comunicação entre a cavidade oral e a nasal. O processo de correção é cirúrgico e começa a partir dos dois anos de idade do individuo, a correção ocorre em etapas, começando pela parte anterior do palato ósseo, e depois, quando esse palato ósseo alonga, é que fecha-se o restante do palato. Enquanto a criança ainda não foi completamente curada, ela usa um aparelho ortodôntico que cobre a fenda palatina e permite a deglutição da criança.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Palatos Duro e Mole, Tonsilas e Orofaringe
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» "Análise" de um pouso duro de A380
» Osso duro

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Conhecimento Virtual :: Medicina - Turma 136 - UFPE :: CV propriamente dito-
Ir para: