Conhecimento Virtual

Projeto Conhecimento Virtual Profa. Hélia Cannizzaro
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Questões de residência

Ir em baixo 
AutorMensagem
marcelo costa



Mensagens : 14
Data de inscrição : 01/04/2014

MensagemAssunto: Questões de residência   Qui Maio 29, 2014 11:41 pm

1) Assinale a alternativa correta a respeito das doenças              
inflamatórias intestinais.
(A) Caracteristicamente, as lesões na retocolite ulcerativa
são salteadas e iniciam-se, na maioria dos casos, no
sentido do ceco para o reto.
(B) No caso das pancolites, o risco de câncer é maior na
doença de Crohn do que na retocolite ulcerativa, para
pacientes com mesmo tempo de doença.
(C) Por se tratar de doença que acomete todas as
camadas da parede intestinal, as fístulas
enteroentéricas são mais comuns na retocolite
ulcerativa, em comparação com a doença de Crohn.
(D) Nos casos de colangite esclerosante primária
associada com retocolite ulcerativa, a ressecção
cirúrgica dos cólons não altera o curso dessa
manifestação extracolônica.
(E) A melhor opção cirúrgica para o tratamento da doença
de Crohn dos cólons é a proctocolectomia com
anastomose bolsa ileal-anal.

2) Assinale a alternativa correta acerca da anatomia e da
fisiologia do fígado e das vias biliares.
(A) O triângulo de Calot é limitado pelo ducto cístico, ducto
hepático comum e borda inferior do fígado.
(B) As veias hepáticas drenam diretamente para a veia
porta e daí para a veia cava inferior.
(C) O íon potássio é o que apresenta a maior concentração
na bile hepática.
(D) O ducto hepático esquerdo drena os segmentos V, VI,
VII e VIII.
(E) Na maioria das pessoas, a artéria hepática direita é
ramo direto da aorta, enquanto que a artéria hepática
esquerda é ramo do tronco celíaco.

3) Acerca da fisiologia do pâncreas e das diversas afecções que
podem acometer esse órgão, assinale a alternativa correta.
(A) O glucagon é um polipeptídeo secretado pelas células
beta do pâncreas.
(B) Os insulinomas são tumores habitualmente múltiplos e
malignos, em sua maioria.
(C) O adenocarcinoma ductal e suas variantes
representam a maior parte dos tumores malignos do
pâncreas.
(D) Na maior parte dos casos, os gastrinomas estão
relacionados com a neoplasia endócrina múltipla
(NEM) do tipo II.
(E) A irrigação arterial do corpo e da cauda do pâncreas
tem origem na artéria mesentérica superior.

4) Assinale a alternativa que apresenta uma contraindicação
relativa para a realização do lavado peritoneal, diagnóstico
definido durante a avaliação de paciente vítima de
trauma abdominal.
(A) hipotensão sem causa estabelecida
(B) operação sob anestesia geral para procedimento
extra-abdominal
(C) lesão medular
(D) gravidez
(E) alteração sensorial por uso de drogas
   
 5) Um paciente foi internado com quadro de icterícia e dor no
hipocôndrio direito. Na ecografia abdominal, foram
encontrados sinais de inflamação pericolecística grave
secundária à impactação de um cálculo no infundíbulo da
vesícula biliar que obstrui mecanicamente o ducto biliar. Esse
quadro é conhecido como
(A) sinal de Murphy.
(B) síndrome de Mirizzi.
(C) colecistite enfisematosa.
(D) colangite esclerosante.
(E) discinesia biliar.

6)  Assinale a alternativa que apresenta as células
predominantes durante a fase proliferativa de uma ferida em
cicatrização.
(A) fibroblastos
(B) macrófagos
(C) neutrófilos
(D) linfócitos
(E) eosinófilos

7) Na avaliação por imagem do abdome agudo, as radiografias
simples continuam desempenhando um importante
papel na obtenção de imagem de pacientes com dor
abdominal aguda. A(s) radiografia(s) de rotina para abdome
agudo é(são)
(A) radiografia de tórax deitado.
(B) radiografia de bacia.
(C) radiografia de tórax em pé e radiografias de abdome
em pé e deitado.
(D) radiografias de abdome, somente.
(E) radiografia de tórax de perfil.

8- A causa mais comum de obstrução intestinal na primeira
infância é
(A) doença de Hirschsprung.
(B) rolha meconial.
(C) ânus imperfurado.
(D) intussuscepção.
(E) entrocolite necrosante.

9- O exame padrão ouro para o diagnóstico de câncer
gástrico é a
(A) endoscopia com biópsia.
(B) radiografia gastrointestinal com duplo contraste.
(C) ultrassonografia endoscópica.
(D) tomografia computadorizada com contraste.
(E) ressonância nuclear magnética.

10) Em relação à cirurgia bariátrica, a gastroplastia com
derivação em Y de Roux é uma operação
predominantemente restritiva, mas com componente de
desabsorção de seletivo a moderado. Em pacientes
submetidos a esse procedimento, podem ocorrer,
em semanas ou meses após, a chamada Síndrome
de Wernicke-Korsacoff, que é uma consequência da
deficiência de
(A) ferro.
(B) cálcio.
(C) vitamina B1 (tiamina).
(D) vitamina C.
(E) vitamina D.


11- Se, no laudo da endoscopia digestiva alta específica de um
paciente com úlcera péptica, foi encontrada uma úlcera
Forrest Ib, é correto afirmar que ele está com
(A) sangramento ativo e pulsátil.
(B) vaso visível não sangrante.
(C) sangramento ativo e não pulsátil.
(D) coágulo aderente.
(E) leito da úlcera não sangrante.

12-  No câncer da cabeça do pâncreas, a obstrução do ducto
biliar comum frequentemente leva à obstrução biliar e à
distensão da vesícula. Então, uma vesícula palpável em
paciente com icterícia indolor sugere a presença de
neoplasia periampular. Esse sinal é chamado de
(A) Trousseau.
(B) Murphy.
(C) Courvoisier.
(D) Virchow.
(E) Blumer.

13- Um paciente com 68 anos de idade, sexo masculino, foi
internado em um hospital, para tratamento de pneumonia
grave. Permaneceu os primeiros seis dias de internação na
unidade de tratamento intensivo, em uso de cefalosporina de
3.ª geração (ceftriaxone). No 13.º dia de internação
hospitalar, surgiu dor abdominal, que evoluiu nos dias
seguintes com diarreia aquosa profusa, sanguinolenta, e
desidratação. Com base nessas informações, o diagnóstico
provável é
(A) colite pseudomembranosa.
(B) megacolon tóxico.
(C) retocolite ulcerativa.
(D) doença de Crohn.
(E) amebíase.

14-  Em um paciente com 61 anos de idade, procedente da
Bahia, foi diagnosticado Síndrome de Plummer-Vinson.
Acerca dessa síndrome, assinale a alternativa correta.
(A) O sintoma principal é a disfagia.
(B) É mais comum em homem adulto ou idoso.
(C) O diagnóstico é confirmado pela manometria.
(D) O tratamento ideal é a esofagectomia.
(E) Está associada ao hepatocarcinoma

15) Se uma equipe cirúrgica, ao operar uma paciente jovem,
constatar a presença do apêndice vermiforme no conteúdo
do saco herniário de hérnia inguinal indireta, esta é a
denominada hérnia de
(A) Littré.
(B) Richter.
(C) Amyand.
(D) Petit.
(E) Grynfellt.

16) Um paciente de 65 anos de idade, procedente do interior de
Goiás, com história de doença diverticular dos cólons, deu
entrada no pronto-socorro, com suspeita de diverticulite.
Informou que foi tratado com antibióticos, mas não houve
melhora depois de 48 horas. Assinale a alternativa que
apresenta o exame indicado para firmar o diagnóstico e(ou)
identificar complicações.
(A) enema opaco com duplo contraste
(B) cintilografia
(C) retossigmoidoscopia
(D) colonoscopia
(E) tomografia computadorizada

17) A compreensão das anomalias da parede abdominal é
importante para que se consiga uma correção adequada e
um bom resultado em médio e longo prazo. A esse respeito,
entende(m)-se por gastrosquise
(A) a deficiência da musculatura da parede abdominal, a
dilatação do trato urinário e a criptorquia bilateral.
(B) as vísceras exteriorizadas pela parede abdominal, sem
qualquer cobertura por membrana ou saco envoltório.
(C) a abertura completa e exteriorizada da parede vesical
anterior e da uretra peniana.
(D) a falha no retorno das vísceras para a cavidade
abdominal; um saco membranoso, além do peritônio,
reveste as vísceras exteriorizadas.
(E) a persistência de úraco e do conduto
onfalomesentérico.

18. Com relação aos tumores de rim com trombo em veia cava, sem metástases à distância, assinale a verdadeira:
a) o tratamento com quimioterapia neoadjuvante seguido de cirurgia é o preferencial
b) a cirurgia deve ser somente realizada após radioterapia
c) pacientes com esta afecção recebem usualmente apenas tratamento paliativo
d) cirurgia se constitui na opção preferencial, mesmo em casos de trombo acima do diafragma
e) n.d.a.

19- Tumores renais menores de 3cm, em paciente de 55 anos de idade, com bom estado geral. Assinale a verdadeira:
a) a chance de disseminação metastática, por ocasião do diagnóstico, é de 40%
b) nefrectomia parcial não é a melhor opção de tratamento
c) biópsia do tumor renal deve ser conduzida como rotina
d) técnicas de ablação como crioterapia não devem ser realizadas pois apresentam recidivas em 8 a 10% dos casos
e) observação cuidadosa é a melhor conduta pois os tumores renais crescem muito lentamente

20- Os tumores incidentais de rim são mais frequentemente detectados através de:
a) exame parcial de urina, o qual demonstra hematúria
b) ecografia abdominal
c) exame de raio x simples de abdomen
d) tomografia computadorizada de abdomen
e) ressonância magnética de abdômen

21- A cintilografia renal estática, juntamente com o "clereance de creatinina" são úteis para o diagnóstico e evolução da função renal de um paciente. Indicam para o médico assistente respectivamente :
a) Fluxo urinário pelos ureteres, já que não são visualizados pela ecografia e volume urinário / minuto.
b) Fluxo sangüíneo individualizado de cada rim e volume de ultra-filtrado / hora.
c) Função renal individualizada de cada rim e volume de ultra-filtrado / minuto.
d) Forma detalhada de cálices renais e volume sangüíneo / minuto no glomérulo.
e) Fluxo de ultra-filtrado individualizado em cada rim e volume urinário / hora.

22-Considerando a gênese dos cálculos renais, qual das substancias reduz a concentração do cálcio iônico na urina?
a) Citrato
b) Sódio
c) Potássio
d) Oxalato
e) Uréia

23- São fatores para tratamento dos cálculos de ácido úrico, exceto:
a) Hiperhidratação
b) Alcalinização uriária
c) Manutenção do PH urinário persistentemente ácido
d) Dieta restrita de purinas
e) Alopurinol
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anderson Yudi



Mensagens : 6
Data de inscrição : 01/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Sab Maio 31, 2014 2:13 pm

15) C.
Além do mais, o apêndice pode estar inflamado ou não.A incidência deste tipo de hérnia é inferior a 1%, e ainda mais rara quando existe apendicite aguda no saco herniário, em que a incidência cai para
0,13%.
A Hérnia de Richter é definida como hérnia abdominal;
A Hérnia de Litrré é qualquer hérnia contendo o divertículo de Meckel (é a parte persistente do ducto onfalomesentérico);
A Hérnia de Pety ocorre na hérnia lombar na região do triângulo lombar inferior;
A Hérnia de Grynfell ocorre na hérnia lomba, só que, na região do triângulo lombar superior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daniel Pontes



Mensagens : 7
Data de inscrição : 01/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Sab Maio 31, 2014 5:27 pm

5) B
A síndrome de Mirizzi é uma complicação rara da colelitiase causada por um mecanismo de compressão ou inflamação de cálculos impactados no infundindo da vesícula biliar ou ducto cístico, causando aderências nas vias biliares, estreitamento do dueto hepático comum, fistulas colecisti-coledociana, icterícia obstrutiva, inflamação e necrose. Ė observada a dor no hipocôndrio, refletindo a inflamação do dúcto cístico ou infundibulo da vesícula biliar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
charlesalbuquerque



Mensagens : 16
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 23

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Sab Maio 31, 2014 9:15 pm

6) A

A fase proliferativa é constituída por quatro etapas fundamentais: epitelização, angiogênese, formação de tecido de granulação e deposição de colágeno. Esta fase tem início ao redor do 4º dia após a lesão e se estende aproximadamente até o término da segunda semana. A epitelização ocorre precocemente. Se a membrana basal estiver intacta, as células epiteliais migram em direção superior, e as camadas normais da epiderme são restauradas em três dias. Se a membrana basal for lesada, as células epiteliais das bordas da ferida começam a proliferar na tentativa de restabelecer a barreira protetora.

A angiogênese é estimulada pelo fator de necrose tumoral alfa (TNF-α), e é caracterizada pela migração de células endoteliais e formação de capilares, essencial para a cicatrização adequada.

A parte final da fase proliferativa é a formação de tecido de granulação. Os fibroblastos e as células endoteliais são as principais células da fase proliferativa. Os fibroblastos dos tecidos vizinhos migram para a ferida, porém precisam ser ativados para sair de seu estado de quiescência. O fator de crescimento mais importante na proliferação e ativação dos fibroblastos é o PDGF. Em seguida é liberado o TGF-β, que estimula os fibroblastos a produzirem colágeno tipo I e a transformarem-se em miofibroblastos, que promovem a contração da ferida.

Entre os fatores de crescimento envolvidos no processo cicatricial podem ser citados o PDGF, que induz a proliferação celular, a quimiotaxia e a síntese matricial; o fator epidérmico, que estimula a epitelização; o fator transformador alfa, responsável pela angiogênese e pela epitelização; o fator fibroblástico, que estimula a proliferação celular e angiogênese e o fator transformador beta, responsável pelo aumento da síntese matricial.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
charlesalbuquerque



Mensagens : 16
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 23

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Sab Maio 31, 2014 9:18 pm

11) - C

Esse tipo de sangramento também é conhecido como "babação".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
danielmatos



Mensagens : 3
Data de inscrição : 21/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 1:30 am

23 - C

Nos casos de cálculos de acido úrico podem ser usados medicamentos alcalinizantes como o citrato e bicabornato de sódio, ja que o pH ácido da urina é um fator para a formação dos cálculos de ácido úrico. Sendo assim a manutenção do pH urinário persistentemente ácido favorece a formação dos cálculos.

Para se prevenir o agrupamento dos cristais de sais na urina, e consequentemente a formação do cálculo devemos de maneira geral aumentar a ingestão de liquido, diminuir o sal na alimentação , por vezes usar diuréticos Tiazídicos e suplementação de citrato. No caso especifico acido úrico a  
diminuição da ingestão de proteínas é bastante importante , já que uma dieta rica em proteínas, eleva os níveis de ácido úrico na urina, favorecendo a formação de cálculo de ácido úrico. O tratamento com Alopurinol pode ser iniciado para os pacientes que mantém níveis elevados de ácido úrico na urina, mesmo com dieta pobre em proteínas. Pode ser utilizado bicarbonato de sódio para tornar a urina menos ácida.

http://www.patriciabertolucci.com.br/sobrenutricao.aspx?sobre=2&codigo=180
http://www.urologiacuritiba.com.br/tratamentos/calculo_urinario
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nadine fonseca



Mensagens : 3
Data de inscrição : 01/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 4:16 pm

22) D

o oxalato de calcio é o composto mais comum presente nos calculos renais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
lais



Mensagens : 10
Data de inscrição : 16/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 4:21 pm

Questao 8: letra D
A idade do paciente ajuda na avaliação etiológica, pois, em geral, na maturidade, predominam as lesões malignas do intestino grosso; na primeira infância, a intussuscepção, e na adolescência, as bridas e aderências.


Última edição por lais em Dom Jun 01, 2014 4:29 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
lais



Mensagens : 10
Data de inscrição : 16/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 4:37 pm

Questão 12: letra C
Sinal de Courvoisier-Terrier refere-se à presença de vesícula biliar palpável secundária a dilatação, indolor e síndrome ictérica associada.  É um forte indicativo de câncer pancreático (principalmente periampular), e pode ser usado para distinguir o este da colecistite aguda ou coledocolitíase.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
A. Igor



Mensagens : 4
Data de inscrição : 01/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 4:43 pm

22 - D

O constituinte de maior incidência dos cálculos renais é o oxalato de cálcio, demonstrando uma alta afinidade do oxalato pelo cálcio iônico da urina. Ele captura o Cálcio na forma divalente da urina. Em estudo feito sobre a incidência de nefrolitíase no oeste do Pará, constatou-se a prevalência de oxalato de cálcio em 85,7 % dos casos de litíase renal.

http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/mdl-20663521
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-28002011000200007
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Livia Ribeiro



Mensagens : 5
Data de inscrição : 01/06/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 4:52 pm

20- B
  O ultrassom abdominal ou ecografia contribui para o diagnóstico de grande número de tumores incidentais, isto é, tumores assintomáticos, iniciais e localizados.
   A ultrassonografia tem como vantagens permitir o diagnóstico definitivo de cistos renais simples, que são lesões muito comuns e não necessitam de tratamento específico na grande maioria dos casos. Além disso, é um exame barato, não invasivo e serve de screening para o estudo radiológico dos rins e vias urinárias. Lesões hiperecogênicas à ultrassonografia raramente são malignas. Na maioria dos casos, são angiomiolipomas e também não necessitam de tratamento específico, a não ser que sejam maiores que 5 cm, quando apresentam maior risco de sangramento espontâneo.
  Quando o tumor provoca sintomas, os principais são a dor lombar, hematúria (sangue na urina) micro ou macroscópica e massa palpável, além de outros sintomas inespecíficos como emagrecimento, febre e hipertensão. Os métodos de diagnóstico e estadiamento principais, além do ultrassom, são a tomografia computadorizada, a ressonância nuclear magnética e raramente, a arteriografia renal. A cintilografia óssea está indicada nos casos de tumor avançado com dor óssea e elevação de fosfatase alcalina. Outros exames laboratoriais podem estar alterados e o paciente apresentar anemia, eritrocitose, elevação do VHS, trombocitose, desidrogenase sérica elevada e hipercalcemia.
  Qualquer lesão que não seja um cisto simples na avaliação ultrassonográfica requer uma TC para determinação do diagnóstico. A TC é o método de escolha para diagnóstico e estadiamento de tumores renais. Ela permite diferenciar entre cistos simples e complexos, avaliar possível extensão local (gordura perirrenal e adrenal) e a distância (fígado e linfonodos retroperitoneais) e extensão vascular (veia renal, cava e átrio). O achado mais comum em tomografias é o de uma lesão sólida que capta contraste.
A ressonância magnética (RNM) tem sensibilidade e especificidade semelhantes à TC, mas, por seu custo e relativa dificuldade de obtenção, é utilizada apenas em casos nos quais o contraste iodado não pode ser utilizado (por alergia ou déficit de função renal) e em pacientes com suspeita de invasão vascular. Nestes, a RNM é o exame de escolha para se determinar a extensão cranial dos trombos tumorais e uma possível invasão da parede vascular.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Livia Ribeiro



Mensagens : 5
Data de inscrição : 01/06/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 5:06 pm

14- A
A síndrome de Plummer-Vinson, também conhecida como síndrome de Patterson-Kelly, caracteriza-se por disfagia cervical devido ao crescimento de tecido esofageano (membrana de ± 2 a 3 mm de extensão) na região pós-cricóide, associada a anemia ferropênica (deficiência de ferro) . É uma síndrome rara, incomum antes de 30 anos e afeta, principalmente, mulheres brancas, entre 40 e 70 anos. Na literatura, verificam-se poucos relatos sobre sua ocorrência em crianças ou adolescentes.
Alguns autores apresentam essa síndrome associada a processos auto-imunes, como artrite reumatóide, anemia perniciosa, tireoidite, e também à predisposição genética, doença celíaca, mucosa gástrica ectópica e a fatores nutricionais e infecciosos. São raras as citações sobre Plummer- Vinson associada à talassemia.
O diagnóstico pode ser dado pela presença de anemia microcícita hipocrômica e níveis baixos de ferro no organismo detectados quando se faz o hemograma e estudos do perfil do ferro. O Rx do esôfago contrastado com ingestão de Bário e/ou a endoscopia digestiva alta mostram crescimento de uma membrana na mucosa esofageana. A Biópsia deve ser realizada para excluir malignidade.
O tratamento é a reposição de ferro por via oral até correção da anemia e reposição das reservas. Dilatação do esôfago quando indicado. Investigação e tratamento das causas de perdas sanguíneas (menorragia, etc) para evitar a instalação de nova ferropenia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
lauratinoco

avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 5:51 pm

10. C

A síndrome de Wernicke-Korsakoff (SWF), também conhecida como encefalopatia alcoólica, psicose de Korsakoff, doença de Werncke, encefalopatia de Werncke, beribéri cerebral, entre outros, trata-se de uma neuropatia relacionada à carência de vitamina B1 (tiamina), traumas cranianos, encefalite herpética, intoxicação pelo monóxido de carbono e, indiretamente, porém mais comumente, ao alcoolismo agudo, pois o álcool dificulta a habilidade de absorção de tiamina por parte do organismo.Foi no ano de 1881 que foi relata pela primeira vez casos desta síndrome, por Carl Wernicke.

A vitamina B1 está relacionada ao processo de transformação do ácido pirúvico, sendo este responsável por realizar transformações bioquímicas de proteínas, gorduras e principalmente hidratos de carbono. Quando há a falta deste elemento no organismo, os neurônios são as células mais afetadas.

As manifestações clínicas da SWF são caracterizadas por uma tríade de anormalidades: oftalmopatia, ataxia e confusão mental. A sintomatologia apresentada pelo paciente seriam a base para o diagnóstico; contudo, não é necessária a presença de todos esses sintomas para o diagnóstico da SWF, uma vez que, habitualmente, os sintomas são encontrados de forma isolada (oftalmoplegia e/ou desorientação e/ou estupor e/ou coma).

Dentre as alterações oculares são observados: nistagmo, horizontal ou vertical; paralisia ou paresia dos músculos retos e do olhar conjugado, sendo comum a presença de diplopia e estrabismo convergente. Ao passo que a moléstia progride, pode ser encontrado miose e não reativamente pupilar, bem como hemorragia retiniana branda.

Com relação aos problemas de locomoção, a ataxia que pode estar presente é de marcha e postural, podendo tornar inviável a deambulação ou postura sem suporte nos estágios agudos da síndrome. Em casos mais amenos da moléstia, os problemas ataxia podem se resumir à lentidão de uma marcha incerta ou postura de base ampla.

Com relação aos problemas mentais, os sintomas mais comumente presentes são a confabulação (elementos provenientes da imaginação do paciente ou mesmo lembranças isoladas do mesmo), juntamente com uma desorientação tempoespacial. Outro sintoma que costuma acompanhar o paciente é a apatia e completo desinteresse pelo o que acontece ao seu redor. Assim que é feita a reposição de tiamina, o estado de alerta e a tenacidade retornam rapidamente. Menos comumente, alguns pacientes evidenciam sinais de abstinência alcoólica, juntamente com alucinações, agitação, alteração da percepção e hiperatividade autonômica.

A amnésia característica da SWF é marcada por uma lacuna permanente na memória do paciente, sendo que sua principal característica é a dificuldade de aprendizado, denominada amnésia anterógrada, bem como a perda da memória passada, conhecida como amnésia retrógrada. Nesta patologia, a memória imediata não é afetada, porém a memória de curto prazo fica comprometida.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
A. Igor



Mensagens : 4
Data de inscrição : 01/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 5:59 pm

17 - B

Gastrosquise é uma malformação congênita secundária a um defeito de fechamento da parede abdominal,caracterizada por herniação de vísceras abdominais através de um defeito em todas as camadas da parede abdominal, lateral à inserção do cordão umbilical. Este está normalmente inserido
e o defeito não é recoberto por membrana.(Castilla 2008, Clearinghouse 2005).


www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/26142/000757161.pdf?sequence=1
http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-663137
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cassio Dantas



Mensagens : 7
Data de inscrição : 03/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 6:51 pm

3) C
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Caio Saraiva



Mensagens : 3
Data de inscrição : 01/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 8:46 pm

7) D
geralmente se usa uma radiografia abdominal simples.


Referencia:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842007000400007
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Priscila Teixeira



Mensagens : 9
Data de inscrição : 04/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 9:00 pm

8- B
A síndrome da rolha meconial é benigna e é causa frequente de obstrução funcional distal no recém-nascido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
lucia.nunes



Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Dom Jun 01, 2014 10:26 pm

6. A
As células que se apresentam predominantes são os fibroblastos, já que é a célula constituinte do tecido conjuntivo e sua função é formar a substância fundamental amorfa, além de sintetizar colágeno, elastina, glicosaminoglicanas e glicoproteínas multiadesivas que farão parte da matriz extracelular.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Priscila Meira



Mensagens : 6
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Seg Jun 02, 2014 12:25 am

1) C
http://abcd.org.br/sobre-a-colite-ulcerativa/perguntas-e-respostas/
Este site trata de Doenças Inflamatórias Intestinais(DII), assim como a Doença de Crhon e a Reticulite Ulcerativa, Ele é muito interessante pois aborda esse tema de forma clara e acessível.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
gustavohpatriota



Mensagens : 1
Data de inscrição : 02/06/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Seg Jun 02, 2014 12:57 am

A resposta da questao numero 6 é fibroblastos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
marcelo costa



Mensagens : 14
Data de inscrição : 01/04/2014

MensagemAssunto: Re: Questões de residência   Seg Jun 16, 2014 11:29 pm

Pessoal, essas questões eu procurei em algumas provas de residência, coloco aqui o gabarito divulgado pelas respectivas provas oficial: 1-D 2-A 3-C 4-D 5-B 6-A 7-C 8-D 9-A 10-C 11-C 12-C 13-A 14-A 15-C 16-E 17-B 18-D 19-D
20-B 21-C 22-A 23-C
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Questões de residência   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Questões de residência
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Conhecimento Virtual :: Medicina - Turma 135 - UFPE :: CV propriamente dito-
Ir para: